Alquimia na cozinha: aprenda a fazer o seu próprio sabonete natural

Alquimia na cozinha: aprenda a fazer o seu próprio sabonete natural

por Rodolfo Magro

Minha história com os cosméticos naturais teve início durante uma viagem que fiz à Piracanga, uma comunidade sustentável localizada no Sul da Bahia, e lá foi onde começou a despertar a auto responsabilidade em mim. Durante o período em que estive na ecovila, tive a oportunidade de conhecer a “Plante!”, uma empresa que funciona dentro da própria comunidade produzindo todos os tipos de produtos naturais que se possa imaginar. Naquele momento fui tocado pela curiosidade e inspirado pela possibilidade de fazer meus próprios cosméticos, de forma que pudesse promover benefícios para o corpo sem agredir a nossa Mãe Terra.

Terminada a viagem voltei à São Paulo, onde vivo, e comecei a buscar informações que pudessem me auxiliar neste caminho. Assim participei de um curso com o grupo “Curandeiras da Mãe Terra” e, a partir daí, iniciei a confecção de meus próprios sabonetes e alguns outros produtos naturais. Ingressei então nesta aventura pela alquimia dos cosméticos.

Hoje, mesmo vivendo numa metrópole em meio à todo caos e poluição, acredito que ainda sim posso contribuir de alguma forma com a sustentabilidade e o bem estar das pessoas. Tenho a convicção de que, independente do lugar em que eu esteja, posso trazer a mudança que quero ver, partindo de mim.

Quero compartilhar com vocês algo que é um verdadeiro encanto, os sabonetes aromáticos.

A produção dos sabonetes serve como uma terapia desde sua confecção, aromatizando toda sua cozinha e, posteriormente, todos os seus banhos. São facilmente produzidos, sem muitos recursos e de forma simples e rápida.

Vamos lá!

Ingredientes para sabonetes:

 

  • 500g de Base 100% vegetal, a quantidade depende de quantos sabonetes você quer produzir. Existem diversos tipos de bases glicerinadas, que nada mais são do que óleos vegetais, cada qual com propriedades fitoterápicas, dentre elas temos a base transparente, base branca, base de copaíba, base de castanha de caju, base de cupuaçu e etc. OBS: Dica de onde comprar as bases: Dr. Derm (RS) e Régia (SP) que são confiáveis.
  • 60 a 90 gotas de Óleos essenciais. Esse é o grande segredo! É sempre bom pesquisar as propriedades dos óleos essenciais (na internet encontra fácil, até mesmo nas lojas que vendem esses produtos). Existem, por exemplo, óleos calmantes e energizantes. É recomendável que não misture esses dois tipos numa mesma receita, também não é recomendado usar mais de 3 tipos de óleos diferentes em uma mesma receita logo nas primeiras tentativas até entender mais afundo suas propriedades. Compreender a funcionalidade dos óleos é fundamental para um bom sabonete.
  • ¼  de ervas, flores ou pó para ¾ de de base (em média). Pode-se adicionar, por exemplo, flores secas de lavanda, camomila, calêndula, jasmim; ervas como alecrim, erva-doce, capim santo, guiné, sálvia; pós como cacau, canela, cravo; além de mel, babosa e uma infinidade de outras medicinas naturais que você pode colocar dentro do seu caldeirão da bruxa. Além das propriedades fitoterápicas dos ingredientes adicionais, o sabonete ganha a função esfoliante e fica muito mais colorido.

 

Modo de preparo:

 

  1. Rale a base glicerinada e coloque-a em banho-maria no fogo baixo, numa panela que não grude (esmaltada é mais recomendada). Quando a base tiver derretido adicione os óleos essenciais e, por fim, acrescente as flores secas ou ervas de sua preferência. Lembrando que a quantidade de flores e ervas não deve ser maior do que a quantidade de base glicerinada.
  2. Sobre a mistura de óleos e ervas.. É na prática, errando e acertando para pegar o jeito rs. O importante é sempre intencionar no momento em que está fazendo a sua alquimia, saber o que pretende, qual seu desejo com aqueles sabonetes. Colocar sua intenção na matéria é bom pra saber o que misturar e ter o resultado esperado.
  3. Depois de tudo isso, dê uma boa mexida misturando os ingredientes e apague o fogo. Escolha potes plásticos resistentes ou formas de silicone que sejam fáceis para retirar. Despeje o sabonete e espere o sabonete seca por 2 horas, no mínimo. Desenforme e está pronto! Já pode tomar seu banho terapêutico curtindo os novos aromas.

 

foto-sabonete

foto-sabonete-02

Paz e luz!

Rodolfo Magro. Paulista, urbano contrariado. Buscador de respostas e de sentidos que me fizeram somar por um mundo novo e seguir. Espelho da energia da mudança de pessoas que encontrei pelo caminho e dos ensinamentos da mãe terra.