Tipos de Fluoretos

Tipos de Fluoretos

O elemento flúor tem a capacidade de formar compostos com quase todos os outros elementos. Vou esclarecer aqui os tipos mais comuns.

O composto que ocorre naturalmente é o fluoreto de cálcio, comumente encontrado em águas naturais não tratadas e no solo. Fluoretos, em geral, são tóxicos para os seres humanos, no entanto a composição CaF2 é considerada a menos tóxica, e ainda relativamente inofensiva, devido à sua extrema insolubilidade.
A versão industrial e sintética mais popular é chamada de fluoreto de sódio. Este composto é o subproduto de lixo tóxico sintético conhecido por causar câncer. Ele é usado na maioria dos cremes dentais, enxaguantes bucais, verniz dentais, preparações dentais e suplementos nutricionais. Esta mesma forma de fluoreto é utilizada como insecticida e pesticida, como conservante em colas e como um inibidor do crescimento de bactérias, fungos e bolores. O fluoreto de sódio é também utilizado na fabricação de produtos de aço e de alumínio. Adicionado ao metal fundido, o fluoreto de sódio cria um metal mais uniforme. Outros usos industriais para o fluoreto de sódio incluem jateamento de vidros e conservantes de madeira. O fluoreto de sódio é também utilizado na fabricação de armas químicas e biológicas. Embora esta forma de flúor pode ser utilizada para a fluoretação da água, existem outros compostos mais baratos que também servem para essa função.
Este composto é comumente usado para a fluoretação da água. Esta forma de flúor é um subproduto de um líquido tóxico adquirido através da limpeza dos resíduos de chaminés de fábricas de fertilizantes fosfatados. Outras denominações do H2SiF6 são hexafluorossilícico, hexafluosilicic, fluorsilícico e ácido silicofluoric. Segundo o CDC, ou Centro de Prevenção e Controle de Doenças dos EUA, 95% da água do pais é fluoretada com ácido fluorosilicic.

A FUNASA descreve o H2SiF6 da seguinte maneira:

O Fluorosilicico de Sódio é um produto de natureza tóxica, sólido na forma de pó branco brilhante e cristalino, que apresenta baixa solubilidade. Por ser corrosivo como o Ácido Fluossilícico, necessita que seus dosadores sejam de PVC, Polietileno, Polipropileno ou de Teflon. Em função de sua baixa solubilidade, utiliza-se solução saturada para fluoretar as águas para consumo humano.”