Mix de chá e suco é uma das armas contra desgaste do carnaval

Mix de chá e suco é uma das armas contra desgaste do carnaval

por Rafaela Oliveira, StartCom Assessoria de Comunicação

 

Nutricionista Carla Cotta, do Sítio do Moinho, ensina como resguardar a saúde na maratona carnavalesca. Frutas, orgânicos e água de coco são bem-vindos.

 

A rotina carnavalesca impõe aos foliões cuidados para manter o pique e a saúde. “É importante se hidratar e incluir no cardápio frutas, vegetais e alimentos integrais”, orienta a nutricionista funcional Carla Cotta, responsável técnica do novo restaurante do Sítio do Moinho, na Barra. Abaixo, algumas dicas da especialista para superar a maratona de blocos, desfiles, bailes.

 

Hidratação

Mesmo com pouca sede, consuma em torno de 2 a 3 litros de água de boa qualidade ao dia, em condições normais. Pois a frequente mistura entre bebida alcoólica e calor excessivo exige uma reposição maior de líquidos e minerais, eliminados pelo suor e pela diurese mais intensa (aumento da frequência de urina devido ao consumo de álcool). Convém lembrar: álcool é diurético, o que induz à desidratação. Cérebro e rim são os órgãos que mais sofrem com isso.

Água de coco e suco de frutas naturais são bem-vindos à hidratação. Dica: leve uma garrafinha de água de coco congelada, e beba aos poucos nas primeiras horas de folia. Nos intervalos, outra pedida é o suco de laranja, feito na hora. Hidrata e ajuda a repor energia e minerais.

Durante o consumo de bebida alcoólica, intercale com 1 ou 2 copos de água filtrada.

Importante lembrar-se de fazer uma refeição leve, com alimentos integrais, antes da ingestão de drinques alcoólicos. O estômago é ainda mais agredido pelo álcool quando está “vazio”.

 

Alimentação

Para o café da manhã pré-folia, prefira frutas frescas e orgânicas, pães integrais orgânicos e bolos integrais. Esses alimentos proporcionam energia prolongada e os nutrientes necessários para curtir a farra. Sugestão: aproveitar o café da manhã servido aos sábados na loja do Sítio do Moinho no Leblon, que inclui todas essas opções orgânicas.

Na maratona do carnaval, prefira consumir frutas, biscoitos tipo polvilho, pipocas e sucos de frutas. Desta forma, reduz-se o risco de contaminação alimentar. Evite cremes, frituras, maioneses e alimentos gordurosos. Uma alternativa prática é o sanduíche integral.

Gorduras consideradas “boas”, presentes, por exemplo, em castanha e no azeite virgem extra, ajudam a atenuar a agressão do álcool na mucosa estomacal.

 

Ressaca

Aposte em sucos de fruta, ricos em açúcares. Inclua banana, fonte de potássio, e água de coco, rica em sódio. Estes dois ingredientes auxiliam a recuperação energética e a reposição dos sais minerais e vitaminas perdidos no dia anterior.

Sódio em excesso faz mal à saúde, mas, depois de dias de suor e folia, é importante repor. A água de coco funciona muito bem neste caso. Mostra-se mais indicada do que os isotônicos, que são muito ácidos e podem agredir ainda mais o estômago. Dica: acrescentar o gengibre aos sucos revela-se uma boa tática para evitar enjoos.

 

Detox

Passada a folia, é hora de cuidar da limpeza do organismo. Recomenda-se um programa detox completo aliado a uma poderosa hidratação. Inclua na alimentação grãos integrais, como arroz integral e quinoa, ricos em fibras; e vegetais verde-escuros, fontes de magnésio para alcalinizar o sangue. Evite alimentos industrializados ou com excesso de sódio.

Chás são ótimos aliados da dexintoxicação. Capim-limão com gengibre e erva doce com hibiscos revelam-se ótimas opções, e ficam uma delícia servidos gelados. Outro aliado interessante é o suchá, suco de fruta natural com chá natural. Pode ser preparado com a plantinha seca. Sugestões: chá de capim-limão com abacaxi e gengibre e chá de hortelã com suco de melão ou morangos.

Para lanches, há opções de chips de couve, sucos verdes prensados a frio, ricos em enzimas e nutrientes como a cúrcuma (anti-inflamatório e protetor do cérebro, também muito agredido com o consumo de álcool). O suco ajuda a eliminar as toxinas, facilitando o trabalho do fígado.

Lembre-se: para um bom detox, é importante investir nos alimentos orgânicos, livres de compostos químicos e metais pesados, potenciais agressores do nosso metabolismo.

 

Sobre o Sítio

Localizado em Itaipava, na Serra de Petrópolis, o Sítio do Moinho (www.sitiodomoinho.com) atende um grande número de clientes interessados em uma alimentação saudável. Em funcionamento desde 1989, o Sítio distribui, além de verduras, legumes e ervas da horta, outros produtos orgânicos como grãos, cereais, sucos e conservas. O núcleo, que conta com 53 pessoas, ainda possui a primeira panificadora orgânica do país, a Molino D’Oro, que já está produzindo um pão integral light. O Sítio ainda importa massas, molhos e farinha de trigo, tudo produzido sem agrotóxicos.