Onde Comer – Miami: Wynwood Art District

Onde Comer – Miami: Wynwood Art District

Até pouco tempo atrás, Wynwood era um bairro que só concentrava os artistas de MIami. Hoje em dia, por conta do movimento “hipster”, acabou virando “cool” todas as tribos frequentarem a região. Atraindo também muitos turistas pelo seu charme boêmio, Wynwood e suas paredes grafitadas e bares não-convencionais ciraram parada obrigatória pra quem visita a cidade. Quando fomos em 2013, curtimos mais os bares a noite, mas dessa vez o foco foi a comida.

 

A primeira parada foi no Freshii, o “fast food” saudável da região. Quando olhei o cardápio fiquei feliz em ver que essencialmente todas as opções eram ou veganas (sem ingredientes de origem animal) ou vegetarianas. Escolhendo o prato, você pode optar pelos extras como tofu e falafel (bolinho de grão de bico).

Freshii-Fachada

Freshii-Menu

Eu fui de Buddha’s Satay Bowl com falafel e a minha amiga pediu o Baja Burrito com falafel também. Posso dizer que ambos estavam DI-VI-NOS! O único cuidado é para aqueles que não são fãs de pimenta. No meu bowl foi um molho de amendoim “levemente” apimentado que na verdade, mesmo eu gostando de pimenta, achei um pouco forte (mas mesmo assim valeu apena).

Freshii-Buddha Bowl

Freshii-Wrap

Eu fui de Buddha’s Satay Bowl com falafel e a minha amiga pediu o Baja Burrito com falafel também. Posso dizer que ambos estavam DI-VI-NOS! O único cuidado é para aqueles que não são fãs de pimenta. No meu bowl foi um molho de amendoim “levemente” apimentado que na verdade, mesmo eu gostando de pimenta, achei um pouco forte (mas mesmo assim valeu apena).

Freshii-Counter

Um pouquinho de Wynwood pra vocês:

wynwood-walls-me

wynwood-walls-02

wynmood-walls-03

wynwood-wall-01

wynwood-walls-05

Depois de darmos uma volta pelas exposições ao ar livre, fizemos um pitstop no JugoFresh pra nos refrescarmos do calor. O JugoFresh é uma casa de sucos prensados a frio que também oferece lanchinhos rápidos e saudáveis como saladas e sanduíches naturais. Como a fome era zero, dividimos um suco com sementes de chia. O legal do bairro é que até os estabelecimentos são decorados de acordo com a região. Usam materiais inusitados como os bancos de uma antiga igreja católica.

JugoFresh-Side-Entrance

JugoFresh-Salao

jugo-fresh

JugoFresh-Fridge

JugoFresh-Juices

Explorando mais um pouquinho, fomos ao Zak The Baker onde a decoração é uma mistura minimalista/moderna/rústica. Opções veganas eram quase nulas, porém haviam algumas opções vegetarianas. Como o lugar é super badalado, resolvemos conhecer, mesmo acabando sem pedir nada.

Zak-Baker-Fachada

Zak-Baker-Menu

zak-baker-bread

Por último, encontramos outros amigos a noite no The Lab pra participar do Action Club, um grupo que se encontra pra compartilhar e definir metas de curto e longo prazo e receber apoio e ideias para alcançá-las. Quem for ficar um tempinho em Miami e quiser participar, eles se encontram 1 vez por semana em Wynwood. Bom, voltando a comida, depois do encontro, fomos ao Coyo Taco, que fica ao lado do Freshii. Lá, muitos pratos são cutomizáveis e podem ser feitos vegs. Ainda satisfeita das comilanças do dia, pedi nachos com guacamole e uma água. O guacamole deles é incrível e recomendo ir lá nem se for só pra isso.

Coyo-Fachada

Coyo-Dentro

Coyo-Nachos

E aí? Foi a Miami e seguiu as nossas dicas, marque as suas fotos com o hashtag #eucemporcento e compartilhe a sua experiência com a gente!